terça-feira, 29 de novembro de 2016

Curso: Jogos na Mesa - Como criar jogos para promover a alimentação adequada e saudável




Créditos: Ideias na Mesa/UnB

Data: 30/11/2016

Links/   (crie sua conta/aqui) e Clique em Biblioteca/Clique em Cursos 

A Rede Virtual Ideias na Mesa oferece este curso como um guia básico para a criação de jogos como ferramentas para a Educação Alimentar e Nutricional.

Atualmente, a aprendizagem baseada em jogos é considerada uma ferramenta inovadora e capaz de criar contextos e desafios para o desenvolvimento do conhecimento. Muitas experiências realizadas nas áreas de Saúde e Educação têm encontrado nos Jogos uma metodologia envolvente, que têm seduzido pessoas de todas as idades a se engajarem em atividades diversas e práticas educativas.

A aprendizagem baseada em jogos digitais já se faz presente em diversas escolas, no setor público e em empresas de vários setores no intuito de engajar profissionais para treinamento em produtos e serviços e para a melhoria do relacionamento interpessoal. O fator diversão no jogo promove o engajamento de pessoas em atividades produtivas, unindo o conceito de trabalho à brincadeira.

Neste curso, a metodologia baseada em jogos insere-se como uma ferramenta de apoio à problematização de questões sobre alimentação adequada e saudável.

De forma simples e direta o curso irá oferecer uma metodologia para profissionais que atuam em diferentes áreas assim como docentes e estudantes que desejam utilizar jogos como recurso de ensino, aprendizagem, orientação e prática de conhecimentos sobre alimentação adequada e saudável.

Um designer de jogos possui diferentes maneiras de trabalhar mas, neste curso, oferecemos um método simplificado do processo para que qualquer pessoa possa ser um desenvolvedor de jogos sem que necessite ser um especialista.

O processo de criação sugerido neste curso foi dividido em cinco fases que serão apresentadas a partir do desenvolvimento dos principais elementos estruturantes de um jogo.



A Fase I traz uma breve conceituação sobre jogos, os diferentes tipos de jogos e informações sobre como os jogos podem colaborar para o aprendizado em um contexto lúdico.

A Fase II será dedicada à criação do jogo em si. Criaremos 16 elementos básicos componentes de jogos, sempre alinhados ao objetivo do desenvolvedor.

Na Fase III, daremos dicas e um passo a passo simples para que você consiga executar um protótipo de jogo.

Na Fase IV, incentivaremos você a testar o jogo com diferentes pessoas e grupos com a finalidade de verificar o funcionamento do projeto.

Na Fase V, faremos considerações finais sobre o processo e comentaremos possibilidades de aprimoramento e variações do jogo criado.


Com o conhecimento desenvolvido neste curso, o participante poderá criar projetos de design de jogos de mesa (jogos concretos) para serem aplicados em diferentes situações nos serviços de saúde, assistência social, educação e outros. Os jogos também poderão ser utilizados com públicos de diferentes idades, culturas e saberes.

** crie sua conta/aqui - para ter acesso ao curso/. veja a continuidade do curso.




Fonte: http://www.ideiasnamesa.unb.br/

Meio Ambiente por Inteiro - Proteção de hortas contra chuvas

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Cursos:MMA abre inscrições para 02 novos cursos EAD


Créditos: Ava/Ministério do Meio Ambiente
Data:23/11/2016
- EAD: Conflitos em Unidades de Conservação: estratégias de enfrentamento e mediação (25 horas)
- EAD: Tornar a Unidade de Conservação visível: estratégia para promover articulações e captar recursos (25 horas)
Cursos promovidos pelo Departamento de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, em parceria com a Coordenação Geral de Educação Ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio. Eles representam o segundo e terceiro curso - de uma série de 3 - que serão executados ainda este ano, como parte das ações de implementação da Estratégia Nacional de Comunicação e Educação Ambiental em Unidades de Conservação - ENCEA.
Objetivo dos cursos: Mobilizar e empoderar o público-alvo para a realização de práticas de educação ambiental e comunicação que contribuam com o fortalecimento da Gestão Ambiental de Unidades de Conservação e com a conservação da Biodiversidade.
Público-alvo: Formuladores e executores das políticas governamentais relacionadas a UCs, em âmbitos federal, estadual e municipal, nos quais se enquadram gestores públicos, integrantes de organizações da sociedade civil – sejam elas públicas e privadas, nacionais ou internacionais–, integrantes de Conselhos Consultivos e Deliberativos de UC ou, ainda, integrantes de redes, fóruns, comitês e conselhos que atuam com a temática.
Carga horária: 25 horas
Período de inscrição: 16/11/2016 a 24/11/2016
Período de realização: 28/11/2016 a 21/12/2016

Divulguem!

Fonte: http://ava.mma.gov.br/